Boa tarde, faça o seu login ou clique aqui para se cadastrar.
   
Buscar:  
Nome:

E-mail:

Ágape

  • Padre Marcelo Rossi

  • Disponibilidade: 5 dias úteis
  • Referência: 9788525061805
R$ 19,90
em até 2x de R$ 9,95 sem juros ou em até 3x de R$ 6,95 no cartão
  • Indique este produto
  • Visa
  • Mastercard
  • Diners Club
  • American Express
  • Elo
  • Hipercard
  • Cartão Mercado Livre
  • Boleto
  • 01x sem juros de R$ 19,90
    02x sem juros de R$ 9,95
    03x com juros* de R$ 6,95
    • 01x sem juros de R$ 19,90
      02x sem juros de R$ 9,95
      03x com juros* de R$ 6,95
      • 01x sem juros de R$ 19,90
        02x sem juros de R$ 9,95
        03x com juros* de R$ 6,95
        • 01x sem juros de R$ 19,90
          02x sem juros de R$ 9,95
          03x com juros* de R$ 6,95
          • 01x sem juros de R$ 19,90
            02x sem juros de R$ 9,95
            03x com juros* de R$ 6,95
            • 01x sem juros de R$ 19,90
              02x sem juros de R$ 9,95
              03x com juros* de R$ 6,95
              • 01x sem juros de R$ 19,90
                02x sem juros de R$ 9,95
                03x com juros* de R$ 6,95
                • BradescoR$ 19,90 à vista
                  Mais informações sobre este produto

                Em seu livro Ágape, com prefácio de Gabriel Chalita, o sacerdote católico tece suas reflexões sobre passagens do Evangelho de são João e convida o leitor a enveredar por inspiradas orações. Os dicionários definem a palavra 'ágape' como a refeição promovida pelos primitivos cristãos a fim de celebrar o rito eucarístico. O rito confraternizava ricos e pobres em torno de ideais como amizade, caridade, amor. Em ÁGAPE, livro lançado pela Editora Globo, padre Marcelo Rossi retoma e amplia o sentido original do conceito: 'Ágape é uma palavra de origem grega que significa o amor divino. O amor de Deus pelos seus filhos. E ainda o amor que as pessoas sentem umas pelas outras inspiradas nesse amor divino', assinala no texto de introdução do volume. Com sua abordagem de comunicação moderna, original e leve, padre Marcelo leva conforto espiritual e ensinamentos da Igreja Católica para milhões de brasileiros por meio de programas de rádio e TV. O estilo claro, direto e sereno que o transformou em fenômeno midiático está impregnado, agora, em ÁGAPE, obra literária em que o autor apresenta trechos selecionados do Evangelho de são João e os reinterpreta à luz do significado do amor divino no mundo contemporâneo. Madre Teresa de Calcutá e Zilda Arns são alguns exemplos evocados pelo sacerdote para ilustrar as manifestações do ágape, seja pela via da caridade, seja na forma do amor ao próximo, sem exigências nem cobranças. O amor ágape, salienta o autor, não é contemplativo nem se encerra no indivíduo, mas exige ação pessoal e ação interpessoal. Mais do que se apresentar como estudo teológico sobre os escritos narrados pelo apóstolo, o livro tem explícita intenção oracional. Nesse sentido, trata-se de um diálogo entre o autor, na condição de padre, e seus filhos em busca da boa palavra. Cada capítulo do volume se encerra com uma oração envolvendo os temas ali examinados pelo autor, como a convidar os leitores para um momento de introspecção e de acolhimento das mensagens de Jesus segundo são João. A escolha do Evangelho de são João entre tantas outras possibilidades dentro da Bíblia é justificada por padre Marcelo pela beleza da estrutura literária e pela impressionante delicadeza com que são descritos os momentos da vida de Jesus - como se o apóstolo não se contentasse em apenas narrar os fatos, mas quisesse nos trazer para dentro da situação descrita. Compartilhar a beleza das narrações do evangelista com os leitores é outro dos objetivos declarados do autor, que busca, com ÁGAPE, incentivar cada vez mais a leitura da Palavra de Deus. No prefácio escrito para a obra, Gabriel Chalita acrescenta: 'O convite que padre Marcelo nos faz com este livro é exatamente este, que sejamos bons! Que a leitura de trechos da vida de Jesus nos ajude a compreender melhor esse Homem extraordinário que foi capaz de superar a lei e apresentar a razão da própria lei: a pessoa humana. Jesus surpreendeu e surpreende. Seu olhar apaixonante nos impulsiona a desacreditar de teses que nos apresentam um mundo mesquinho, materialista, egoico.'

                Informações

                Facebook

                Siga-nos

                 

                Copyright 2018 ©
                iSET - Plataforma de loja virtual
                Plataforma de Loja Virtual